António Maria de Sena
Primeiro diretor clínico do Hospital Conde de Ferreira e responsável pela criação da primeira lei psiquiátrica em Portugal, a chamada "lei Sena".

Filho de António Maria de Sena e Ana Josefa, António Maria de Sena nasceu no concelho de Seia, onde foi batizado a 12 de janeiro de 1845. Casou com Dona Isabel Carneiro de Morais e Sena. Era licenciado em medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, onde lecionou fisiologia. Na mesma instituição defendeu a sua tese de doutoramento, intitulada "Delírio nas moléstias agudas", tendo sido autor de diversas obras que representam um contributo essencial para a compreensão da psiquiatria em Portugal. Saliente-se "Os Alienados em Portugal - História e Estatística" (1884) e "Os Alienados em Portugal - História e Estatística: Hospital Conde Ferreira" (1885), que expõem os primeiros estudos estatísticos sobre alienação em Portugal.

António Maria de Sena tomou posse como primeiro diretor do Hospital Conde de Ferreira em três de março de 1881, embora esta unidade hospitalar, a primeira construída de raiz em Portugal para o tratamento da psiquiatria graças ao legado do grande benfeitor Joaquim Ferreira dos Santos - Conde de Ferreira, só viesse a ser inaugurada a 24 de março de 1883. Antes, viajou pela Europa onde visitou vários estabelecimentos psiquiátricos. Como diretor do Hospital Conde de Ferreira, Sena concretizou uma importante obra assistencial, muito inovadora na época, e tornou-o num centro de estudo e investigação de onde despontaram figuras ilustres, aliás seus discípulos, como Júlio de Matos e Magalhães Lemos.

Traçou a primeira lei psiquiátrica em Portugal, a qual foi batizada com o seu apelido - Lei Sena - e oficializada na legislação régia emanada no dia quatro de julho de 1889. Esta lei dividia, para o efeito do serviço de alienados, o território continental e as ilhas em quatro círculos compostos por distritos administrativos e previa a edificação ou requalificação de um hospital psiquiátrico, quatro no total, em Lisboa, em Coimbra, na Ilha de São Miguel e no Porto, complementar ao Hospital Conde de Ferreira. Na lei também ficou estipulada a construção de enfermarias psiquiátricas anexas às prisões. O financiamento foi obtido através da criação de um "fundo de beneficência pública dos alienados" constituído por um imposto especial de selo que incidia sobre diversos documentos oficiais.

Faleceu a 14 de outubro de 1890 no lugar da Granja, freguesia de Arcozelo, concelho de Vila Nova de Gaia.

O retrato de António Maria de Sena é um óleo sobre tela exposto na sala dedicada à história e à ação da Misericórdia do Porto, pintado por José Alberto Nunes (1829-1890). Este artista estudou pintura na Academia de Belas Artes, entre 1845 e 1852. Executou vários retratos para particulares e para instituições como a Santa Casa da Misericórdia do Porto, as Ordens Terceiras da cidade e a Associação Comercial do Porto, onde pintou a imagem de D. Pedro IV. Fortemente influenciado pelo pintor Auguste Roquemont, José Alberto Nunes manteve-se fiel à estética romântica.

Informações | publicos@mmipo.scmp.pt | 220 906 961